19/07/2014

Assita já: My Mad Fat Diary


Comecei à assistir My Mad Fat Diary, porque no fundo já sabia que entraria no meu coração. Inglaterra, anos 90, adolescente fora dos padrões (obesa), viciada em música, fã de Oasis e... Recém saída de um hospital psiquiátrico. Junte aí ao fato de ser exibida e produzida pelo pessoal responsável por Skins. Como não amar?
Viciada em séries como sou, estava sentindo falta de um seriado adolescente que não tratasse essa idade com estereótipos e futilidades, sim, às vezes eu gosto de futilidades, mas a vida não é só isso, né? E My Mad Fat Diary tem uma pitada de tudo, o que deixa a realidade vivida por Rachel Earl, ou simplesmente Rae, mais verossímel. Tem a futilidade também, mas rodeada de um conteúdo mais sério, como aceitação, autoconhecimentos e descobertas, com uma boa dose de humor também. E o que torna a série ainda mais legal de assistir é que é inspirada no livro My Mad Fat Teenage Diary, da autora Rae Earl, baseado em fatos reais.

Rae é interpretada pela atriz Sharon Rooney que faz um belo trabalho em trazer para a série o cotidiano básico de uma garota de 16 anos e os problemas clássicos da idade, aceitação dos pais, virgindade, aceitação da sociedade, relacionamento com os pais e amigos, enfim, coisas que com certeza todos nós já passamos. No entanto, Rae tem um "plus", ela acaba de sair de um hospital psiquiátrico para tratar problemas de depressão e ansiedade que a levou à se ferir.


Uma parte importante da série é a música, Rae a usa como vaúlvula de escape e esse conhecimento, junto com seu bom humor e inteligência compensa a imagem que tem de si mesma. Ela se acha feia por ser gorda. E a série mostra de um jeito lindo como é importante se aceitar e à não julgar os outros. Tem uma cena em especial em que a Rae se sente um lixo por não estar nos padrões de beleza imposto pela sociedade e acaba se imaginando tacando fogo num outdoor da cidade com uma garota linda de sutiã nele, baita cena com um baita significado de autoestima. Além do diário para desabafar, Rae faz terapia e essas sessões são uma parte especial dos episódios. por que é lá que Rae ver seus conceitos, dúvidas e paranóias ser confrontados.E se você gostad e romance, yes temos romance! Impossível não se apaixonar pelo fofo Finn Nelson.
My Mad Fat Diary tem duas temporadas super curtinhas, dá pra ver em um só final de semana como eu fiz, mas não recomendo porque agora estou morrendo de saudades da "gang". E nem sinal de que a terceira temporada chegue.

2 comentários on "Assita já: My Mad Fat Diary"

Angela Graziela on 19 de julho de 2014 18:38 disse...

Não conhecia essa série
Mas gostei da dica
Já estou seguindo ;)

Beijos
http://pocketlibro.blogspot.com.br

Ana Paula Andrade on 19 de julho de 2014 19:37 disse...

Nossa não conhecia esse seriado também sou viciada em series hehe
adorei ainda mais se passando na Inglaterra,e verdade essa fase é complicada mesmo ainda mais pra quem era gordinha como eu mas superação é tudo. Acho que vou começar a assistir ;)
http://quererdelivros.blogspot.com.br/
Beijo

Postar um comentário

Gostou? Não? Dê sua opinião!
- Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.
- Todos os comentários serão respondidos aqui mesmo.

Seguidores

 

Loucas Por Livros Copyright 2009 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipietoon | All Image Presented by Online Journal