22/01/2013

Resenha - Estilhaça-me - Tahereh Mafi


     Chegou a hora da distopia     

Eu simplesmente adoro livros sobre distopia... 1984, Feios, Jogos Vorazes e agora, Estilhaça-me.

Estava claro na minha cabeça que após o sucesso de Jogos Vorazes, a distopia poderia se tornar o novo fenômeno assim como foi a vez dos vampiros e dos anjos. 

É claro que quando "a moda pega" vários livros surgem e nem todos são bons, dei uma boa olhada nos títulos lançados e 'Estilhaça-me', livro de estreia da autora, foi minha primeira opção pós jogos vorazes. Além de ter gostado da sinopse, as resenhas estavam bem positivas.

Fui com todas as expectativas.

Não posso dizer que me decepcionei. Mas, ficou um gostinho de quero mais.

Juliette tem dezessete anos e está há 264 dias presa em um manicômio, basicamente porque seu toque pode matar as pessoas. Ela está sozinha, sem ver ninguém jamais e se achando um monstro. Até que ganha um companheiro de cela, Adam. A chegada desse garoto vai mudar sua vida. Após tanto tempo presa, ela vê o sol e sente a liberdade pela primeira vez.

O Restabelecimento diz que é capaz de "consertar" o mundo, mas para isso tem que impor respeito. Warner é o líder do setor onde Juliette foi parar e ele quer à de qualquer maneira que ela seja uma das armas em sua guerra.  Mas, o amor de Juliette e Adam tem outros planos.

O livro é narrado em primeira pessoa e a pessoa em questão está presa sem contato humano há um longo tempo. Então a leitura pode ser meio confusa. Isso é feito de propósito, quando Juliette vai "se curando" a leitura se torna mais fluída. Outra coisa que pareceu incomodar muitas pessoas foram as frases e palavras repetidas e riscadas. Não me incomodou. Afinal, estamos na cabeça de alguém que está tentando se manter sã.


O livro tem sua dose de romance nas cenas de Juliette e Adam, que apesar de ter achado um fofo me deixou confusa todo o tempo. Como se ele fosse traí-la há qualquer momento.

Já a outra ponta do triangulo amoroso é o obcecado Warner. 

Confesso que o final, que deveria ser o ápice se mostrou um pouco decepcionante. Jogos Vorazes meets X-Men, mas nada que me tirasse a vontade de ler.

Como todo bom livro distópico podemos ver a crítica ao modo que vivemos hoje. Consumo exagerado, negligência com a fauna e a flora e a falta de respeito pela vida. Também temos o regime totalitário. Mas, a autora não se aprofunda muito nos temas políticos e sociais e ao contrário dos outros livros do gênero, abusa do romance.

Se você sente falta de romance nos livros distópicos é uma ótima dica pra você. Já se prefere ver lutas contra o sistema, grandes críticas políticas e sociais, talvez não seja esse o livro que procura.

Vou ler a continuação porque gosto do romance e acho que o conteúdo será mais aprofundado. Afinal, Juliette terá de ir à luta! Pretendo também ver as loucuras do Warner. E confesso até que simpatizei com o cara que claramente foi criado para ser odiado. O que posso fazer?




3 comentários on "Resenha - Estilhaça-me - Tahereh Mafi"

Ana Clara Rezende on 23 de janeiro de 2013 13:20 disse...

Oii Juliana, te indiquei em um selinho no meu blog.
Bjos
http://bibliotecavirtu.blogspot.com.br/

Leila e Maria Clara on 25 de janeiro de 2013 22:39 disse...

Oi Juliana, estou gostando do seu blog =D E já to seguindo, segue de volta ? http://fanaticas-por-livros.blogspot.com.br/

Leila e Maria Clara on 29 de janeiro de 2013 21:48 disse...

Olá
já estamos te seguindo
amariamos que vc nos seguisse também
http://fanaticas-por-livros.blogspot.com.br/
bjkasss

Postar um comentário

Gostou? Não? Dê sua opinião!
- Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.
- Todos os comentários serão respondidos aqui mesmo.

Seguidores

 

Loucas Por Livros Copyright 2009 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipietoon | All Image Presented by Online Journal