26/03/2014

Série: Star-Crossed


Star-Crossed é a nova série da CW, com apenas 6 episódios exibidos na TV americana. A trama é a mistura entre dramas juvenis e ficção cientícia. 

Quando tinha 6 anos, Emery viu uma espaçonave pousar em sua cidade. Uma luta começou entre os humanos e os Atrianos, o grupo de alienígenas recém-chegados, mas Emery fez amizade com Roman, um garotinho também de 6 anos que tentou se esconder perto de sua casa. Quando ele é capturado e mantido preso, Emery passa a acreditar que Roman estava morto. Anos depois, quando ele e mais seis atrianos sãoa autorizados à ir para a escola, os dois precisam lutar contra os poderosos e contra a mentalidade das pessoas para poderem manter o laço que criaram há tanto tempo.


O que achei do piloto

Uma das estreias mais aguardadas pelos fãs da CW estreou e empolgou, demorei um pouco pra testar, mas acabei vendo, afinal, sempre confiro os pilotos da CW. 

Eu gostei, não vou mentir.  Tem a marca CW estampada e dá quase para se perguntar se ela não foi adaptada de um YA. Aliás, me lembrou um pouco o pilot de Vampire Diares, só que dessa vez com aliens! 

A trama foca de começo em Emery e seu possível amor, Roman. Ele, como toda sua espécie, possui algumas tatuagens pelo corpo, o que parece ser a única forma de diferenciá-los dos humanos. Ela passou 4 anos sem ir a escola devido a uma deficiência imunológica, mas na verdade parece que saiu de um comercial de creme hidratante. Já dá pra perceber a química rolando sotla quando os dois se falam? E nem preciso comentar sobre o segundo interesse amoro para Emery, que aliás, nem precisava já que a série se sustentava somente com o casal principal e os plots legais que já rolaram.

Já teve gente morrendo, revelação de segredo alienígena, motivos de sobra para o amor dos dois ser conturbado, brigas na escola, possível rebelião alien...

Mas, CW é CW, e em meio à brigas intergaláticas, o que importa para mocinha é ser popular e se enturmar com a galera, além de descobrir os segredos mais obscuros do ser sobrenatural em questão enquanto coloca seus amigos em perigo.

O episódio focou legal na tensão entre humanos e atrianos, e dá pra perceber que existe a intenção de fazer uma crítica ao preconceito, seja racismo, homofobia e etc. Mas, fica mais pra ficção mesmo, já que não vemos uma diversidade grande de biotipos entre os atores principais. São todo lindos, de olhos claros, sarados... Faça o que digo, mas não faça o que faço, não é assim o ditado?

Ainda é cedo pra ver se a trama vai se aprofundar nesse quesito, mas para o pilot tá de bom tamanho, continuarei acompanhando. Mas, deixo a ressalva de que se talvez se aprofundasse mais e deixasse de lado aquelas baboseiras de "líder de torcida vilãzinha" ficaria DEMAIS! 

E vocês, viram? O que acharam? 


2 comentários on "Série: Star-Crossed"

Isabela guaraldi fernandes on 30 de junho de 2014 17:17 disse...

Eu AMEI essa série!!!! Mas a primeira temporada só tem 13 episódios e a CW não renovou a série... então sem segunda temporada, o que é realmente uma pena porque a série era muito, muito, muito boa! me apaixonei instantaneamente... hahaha

Mafalda Brandão on 3 de julho de 2014 15:31 disse...

Amei a série ... Pena que foi cancelada ...:(

Postar um comentário

Gostou? Não? Dê sua opinião!
- Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.
- Todos os comentários serão respondidos aqui mesmo.

Seguidores

 

Loucas Por Livros Copyright 2009 All Rights Reserved Baby Blog Designed by Ipietoon | All Image Presented by Online Journal